HOTEL DE PASSAGENS no Feijão

Publicado em Espetáculos | Com a tag , | Deixe um comentário

ANTES DA CENA: CENÁRIO no Teatro de Arena

Conversas Antes da Cena é parte da programação da Mostra Antes da Cena – 3º Ato.

Publicado em Encontros abertos | Com a tag , | Deixe um comentário

ESPELHOS volta ao Feijão – ÚLTIMA SEMANA + sessão extra

Com apresentação extra, esta é a última semana da temporada em nossa sede do espetáculo Espelhos, contemplado pelo Prêmio José Renato de Teatro, com Ney Piacentini, indicado ao Prêmio de Melhor Ator de 2016 pela APCA.

Espelhos é a transcrição cênica dos contos homônimos O espelho de Machado de Assis e de Guimarães Rosa. Em uma ambientação simples e bela, Ney Piacentini se desdobra em duas figuras para transmitir tanto o ceticismo de Machado de Assis quanto o contraponto esperançoso de Guimarães Rosa, promovendo no palco um diálogo inédito entre os maiores escritores brasileiros.

A montagem é o resultado de pesquisas e experimentações cênicas realizadas ao longo de 2015 e 2016, e apresenta na íntegra os dois contos, compondo um único trabalho teatral que investiga a formação da identidade do sujeito brasileiro através da relação entre a literatura e o teatro e propõe uma reflexão sobre as relações entre sociedade, imagem e subjetividade, por meio do pensamento de duas referências fundamentais da arte brasileira.

  • Autores: Machado de Assis e Guimarães Rosa
  • Atuação: Ney Piacentini
  • Cenografia: Marisa Bentivegna
  • Figurinos: Fábio Namatame
  • Trilha sonora: Miguel Caldas
  • Iluminação: Paulo Barcellos
  • Operação de som, programação visual: Paulo Fávari
  • Fotos: João Caldas e Paulo Fávari
  • Apoio: Alexandre Kavanji
  • Apresentações: até 15 de abril – sábados às 21h e domingos às 19h – SESSÃO EXTRA na sexta 13 às 21h
  • Ingressos: pague quanto puder – bilheteria aberta 1 hora antes do espetáculo
  • Recomendação etária: 12 anos
  • Onde: Companhia do Feijão – Rua Dr. Teodoro Baima 68, República
  • Capacidade: 50 lugares – com acesso a cadeirantes
Publicado em Espetáculos, Geral | Com a tag , , | Deixe um comentário

ANTES DA CENA: FIGURINO no Teatro de Arena

Conversas Antes da Cena é parte da programação da Mostra Antes da Cena – 3º Ato.

Publicado em Encontros abertos | Com a tag , , | Deixe um comentário

DAtCHAU no Feijão – ÚLTIMAS APRESENTAÇÕES

A Companhia do Feijão realiza no final de março as últimas apresentações da temporada gratuita de seu último Espetáculo: DaTchau – rumo à Estação GrandeAvenida, incluindo uma apresentação extra em horário alternativo.

Sinopse

Uma pessoa (de classe média) tenta escrever uma narrativa que dê conta dos tempos sombrios que está vivendo. Nesta tentativa, ela sonha que um dia acorda indignada com o estado das coisas. E, no sonho, esta indignação a leva para a rua – para protestar. No início sozinha, depois coletivamente, em harmonia com outros indignados, toma um trem de metrô cujo destino é a estação GrandeAvenida, para onde está marcada uma grande manifestação. Durante a viagem as diferenças do coletivo indignado assumem o protagonismo, atiçam raivas e ódios e se transformam em conflitos oníricos, o sonho se transforma em pesadelo. E o destino final desta viagem será o do encarceramento deste coletivo num campo de trabalhos forçados.

A pesquisa

Este espetáculo tem como base quatro materiais de investigação: as manifestações de 2013 vistas através do olhar de um cidadão da classe média urbana – indignado com o “estado das coisas”; os romances de Chico Buarque e textos do escritor italiano Primo Levi como materiais de estudo histórico e humano para a elaboração da dramaturgia; o irreverente personagem popular criado por Adoniran Barbosa para narrar/cantar suas próprias músicas; e por fim nossa pesquisa sobre os limites entre as linguagens épicas e dramáticas para a elaboração da encenação e das performances cênicas de atrizes e atores.

DaTchau trata do nosso tempo presente, da vida presente, dos homens presentes. Sem deixar de pensar e olhar de onde viemos e de provocar o pensamento: para onde queremos ir. Com a proposta de discutir os tempos turvos de hoje por meio de um teatro que NÃO se pretende fomentador de raivas e ódios insanos e pré-totalitários, mas que SIM se pretende fomentador de uma reflexão sensível, que busca pensar o mundo sob uma outra lógica social, econômica e humana. E desta forma talvez contribuir para a compreensão de nosso presente desagregado e carregado de radicalismos.

Motivo inspirador do título: o Campo de Dachau

O Campo de Dachau foi o primeiro campo regular de trabalhos forçados para prisioneiros políticos assentado pelo governo alemão.  A organização e rotina deste campo tornaram-se modelo para todos os que viriam depois. Inicialmente os internos eram os adversários do regime; com o passar do tempo outros grupos também foram ali encarcerados. O processo de degradação tinha início já na sala de registro dos prisioneiros recém-chegados, em cujo teto foi pintado em letras grandes: Há um caminho para a liberdade. Suas balizas são: Obediência, Honestidade, Asseio, Sobriedade, Trabalho Duro, Disciplina, Sacrifício, Exatidão, Amor à Pátria. Assim como em todos os outros campos alemães, Dachau trazia incrustado em seu portão de ferro: O TRABALHO LIBERTA.

  • Texto e Direção: Pedro Pires
  • Em cena: Fernanda Haucke, Fernanda Rapisarda, Guto Togniazzolo, Marcos Coin, Vera Lamy e Zernesto Pessoa
  • Direção musical: Marcos Coin
  • Cenografia: Pedro Pires
  • Figurinos: Guto Togniazzolo e Arieli Marcondes
  • Luz: Guilherme Bonfanti
  • Vídeos: Diogo Noventa
  • Projeções: Bruna Lessa e Bruno Carneiro
  • Fotos: Cacá Bernardes
  • Operação de luz: Rafael Araújo
  • Operação de vídeo: Pedro Pires
  • Temporada: até 28 de março de 2018 – de segunda a quarta às 20h
  • Ingressos: gratuitos, retirados diretamente na bilheteria (aberta 1 hora antes das apresentações) – sem possibilidade de reservas
  • Onde: Companhia do Feijão – R. Dr. Teodoro Baima 68 – República – COM ACESSO A CADEIRANTES
  • Capacidade: 50 lugares
  • Classificação etária indicativa: 14 anos
  • Duração: 100’

Realização: Companhia do Feijão / Cooperativa Paulista de Teatro / Programa Municipal de Fomento ao Tetro para a Cidade de São Paulo / Prefeitura de São Paulo – Cultura

Este projeto foi contemplado pela 31ª edição do Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo.

Publicado em Espetáculos | Com a tag , | Deixe um comentário

ENCONTROS IMPROVÁVEIS no Feijão

Recebemos no dia 26 de março a abertura de ENCONTROS IMPROVÁVEIS, novo projeto do Núcleo OMSTRAB, que propõe encontros inéditos entre artistas convidados de diferentes tendências e regiões da cidade.

Com a presença do músico Gabriel Levy e da atriz e diretora Georgette Fadel, o encontro tem início às 22h, logo após nossa apresentação de DaTchau – rumo à estação grandeAvenida (post abaixo).

Publicado em Apresentações artísticas | Com a tag , , | Deixe um comentário

ENCONTRO ABERTO com a Companhia do Feijão

Realizamos na próxima quarta, dia 14 de março, às 20h, um encontro aberto sobre nosso espetáculo atualmente em temporada: DaTchau – rumo à estação GrandeAvenida.

O encontro contará com a presença do autor do texto e diretor do espetáculo Pedro Pires e de integrantes do elenco, que debaterão com o público o processo de criação e as intenções presentes nas formas e conteúdos da encenação; além de apontamentos para as próximas etapas de nosso projeto de criação atual, apoiado em obras de Bertolt Brecht e Jorge Andrade.

Compareça. Suas opiniões e questionamentos são fundamentais para a continuidade e maturação do nosso trabalho.

Não haverá apresentações do espetáculo nos dias 12, 13 e 14 de março. A temporada será retomada na semana seguinte (dia 19), sempre de segunda a quarta às 20h, até o dia 28 de março, com ingressos gratuitos.

Publicado em Encontros abertos | Com a tag , | Deixe um comentário

ANTES DA CENA – 3º ATO no Teatro de Arena

A FUNARTE -SP e o Teatro de Arena Eugênio Kusnet convidam para a abertura da exposição Antes da Cena – 3º Ato com obras de Silvana Marcondes e Companhia do Feijão.

O projeto

O Projeto Antes da Cena irá percorrer os caminhos dos croquis e desenhos realizados por cenógrafos, figurinistas, iluminadores, diretores e aderecistas. No período de um ano serão realizadas 4 mostras coletivas com trabalhos relacionados ao fazer teatral juntando um grande acervo de imagens do processo criativo de profissionais do teatro. Reproduções dos trabalhos expostos ficarão expostas em caráter permanente no local. As mostras serão realizadas na sala Umberto Magnani no Teatro de Arena Eugênio Kusnet.

Antes da Cena – 3º ATO terá obras de Silvana Marcondes – figurinos, cenografia e teatro de sombras – e Companhia do Feijão – figurinos e cenografia.

  • curadores:  Duilio Ferronato e Eduardo Besen
  • produtora cultural: Myrian Christofani e equipe FUNARTE SP
  • abertura: 6 de fevereiro de 2018, terça-feira, 19-22h
  • período expositivo: 6 de fevereiro a 6 de maio de 2018 – de terça a domingo das 13h às 19h – Grátis
  • onde: Teatro de Arena Eugênio Kusnet – Rua Dr. Teodoro Baima, 94 – Vila Buarque, São Paulo – SP – (11) 3259-6409

mais informações: www.funarte.gov.br/espaco-cultural/teatro-de-arena-eugenio-kusnet / ou com Eduardo Besen = (11) 3624.0301 e contato@maisgaleriadearte.com.br

Publicado em Geral | Com a tag , | Deixe um comentário

CONCÍLIO DA DESTRUIÇÃO no Feijão

Recebemos em dezembro o espetáculo Concílio da destruição, com a Cia. Les Commediens Tropicales, para apenas 8 apresentações em nossa sede.

Em Concílio da destruição os países não dispunham de mais espaço, seja real ou virtual. A população havia superado sua capacidade criativa e superlotado casas, carros, museus, escolas e computadores com suas obras. Estudar havia se tornado um exercício insuportável. O caos apontava no horizonte quando os homens conseguiram se defender. Era preciso destruir para se ter o direito de criar.

Sétimo espetáculo da Cia. Les Commediens Tropicales, Concílio da destruição parte da premissa que o mundo está superlotado de arte e informações, estudos, ensaios e teses sobre a mesma; e que cada país terá que escolher cinco obras de seus artistas mortos para serem preservadas enquanto todas as outras serão destruídas. A ação se desenrola num país desconhecido onde o Concílio da Destruição está atrasado porque os jurados estão num impasse sobre escolher uma obra cujos artistas foram revolucionários ou condená-los (e sua obra) ao esquecimento.

  • Autor: Carlos Canhameiro
  • Encenação: Cia. Les Commediens Tropicales
  • Provocação cênica: Coletivo Bruto (Paulo Barcellos e Wilson Julião)
  • Elenco: Carlos Canhameiro, Daniel Gonzalez, Paula Mirhan, Rodrigo Bianchini, Rui Barossi e Tetembua Dandara
  • Concepção sonora e Música ao vivo: Rui Barossi
  • Iluminação: Daniel Gonzalez
  • Cenografia: José Valdir
  • Figurino: Carol Ihitz
  • Vídeo: Carlos Canhameiro
  • História em quadrinhos: Eduardo Cole
  • Desenho: Nicholas Maia
  • Produção: Mariana Pessoa
  • Temporada: 8 a 18 de dezembro, de sexta a segunda às 20h
  • Ingressos: grátis – bilheteria aberta uma hora antes das apresentações
  • Duração: 80 minutos
  • Livre para todos os públicos
  • Onde: Companhia do Feijão – R. Dr. Teodoro Baima 68, República – com acesso a cadeirantes
Publicado em Apresentações artísticas | Com a tag , , | Deixe um comentário

ESPELHOS no Feijão

Recebemos em dezembro em curtíssima temporada o espetáculo Espelhos, contemplado pelo Prêmio José Renato de Teatro, com Ney Piacentini, indicado ao Prêmio de Melhor Ator de 2016 pela APCA.

Espelhos é a transcrição cênica dos contos homônimos O espelho de Machado de Assis e de Guimarães Rosa. Em uma ambientação simples e bela, Ney Piacentini se desdobra em duas figuras para transmitir tanto o ceticismo de Machado de Assis quanto o contraponto esperançoso de Guimarães Rosa, promovendo no palco um diálogo inédito entre os maiores escritores brasileiros.

A montagem é o resultado de pesquisas e experimentações cênicas realizadas ao longo de 2015 e 2016, e apresenta na íntegra os dois contos, compondo um único trabalho teatral que investiga a formação da identidade do sujeito brasileiro através da relação entre a literatura e o teatro e propõe uma reflexão sobre as relações entre sociedade, imagem e subjetividade, por meio do pensamento de duas referências fundamentais da arte brasileira.

  • Autores: Machado de Assis e Guimarães Rosa
  • Atuação: Ney Piacentini
  • Cenografia: Marisa Bentivegna
  • Figurinos: Fábio Namatame
  • Trilha sonora: Miguel Caldas
  • Iluminação: Paulo Barcellos
  • Assistência: Paulo Fávari
  • Fotos: João Caldas
  • Apresentações: 5 a 14 de dezembro – às terças, quartas e quintas às 20h
  • Ingressos: pague quanto puder – bilheteria aberta 1 hora antes do espetáculo
  • Onde: Companhia do Feijão – Rua Dr. Teodoro Baima 68, República
  • Capacidade: 50 lugares – com acesso a cadeirantes

 

Publicado em Espetáculos | Com a tag , , | Deixe um comentário