PEQUENAS ESPERANÇAS no Feijão

Pequenas Esperanças - foto de Guto TogniazzoloProsseguindo com as apresentações previstas em nosso projeto Brasil, fábrica de sonhos – Pesadelo?, realizamos em agosto a estreia ao público e uma curta temporada do espetáculo Pequenas esperanças.

O espetáculo foi criado em 2014, diretamente ligado aos temas abordados no presente projeto, com a participação de integrantes das companhias do Feijão e do Tijolo, e até aqui foi apresentado somente em sessões fechadas.

Sinopse / pesquisa: Pequenas esperanças trata do forte renascimento da literatura infanto-juvenil nos anos setenta. A história baseia-se em depoimentos de escritores e trechos de suas obras, com foco no período da ditadura militar brasileira e em como a necessidade de falar sobre democracia e liberdade para as crianças (que cresciam sob um regime autoritário) foi uma urgência que determinou o aumento expressivo de publicações para esta faixa etária e impulsionou este veio da literatura. Em forma narrativa, dois “autores” vão contando suas histórias de vida, da vida nos anos de chumbo, discorrendo sobre os porquês de escrever para as crianças e jovens e cantando canções da época que diagnosticavam o momento e clamavam pela liberdade de vida.

  • Texto e Direção: Pedro Pires
  • Atores cantores: Dinho Lima Flor e Vera Lamy
  • Músico: Marcos Coin
  • Cenografia e Figurinos: Pedro Pires e Guto Togniazzolo
  • Luz: Pedro Pires e Zernesto Pessoa
  • Temporada: 8 a 30 de agosto, segundas e terças às 21h
  • Ingressos: grátis, retirados diretamente na bilheteria, aberta uma hora antes das apresentações
  • Duração: 45’
  • Classificação etária: livre
  • Onde: Companhia do Feijão – R. Dr. Teodoro Baima 68 – República
  • Capacidade: 50 lugares, com acesso a cadeirantes

Realização: Companhia do Feijão / Cooperativa Paulista de Teatro / Secretaria Municipal de Cultura / Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo

Esta entrada foi publicada em Espetáculos e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.