MOSTRA FEIJÃO no Sesc Santo Amaro

Mostra Feijão Sesc Santo AmaroEstaremos em maio e junho no Sesc Santo Amaro para uma programação que inclui a apresentação de 5 espetáculos de nosso repertório, além de uma oficina sobre os princípios de trabalho da companhia e uma leitura dramática de textos de Mário de Andrade. Esta programação é um recorte representativo dos nossos 18 anos de trabalho, reunindo princípios, temas e desenvolvimento de linguagens e modos de trabalho que resumem o nosso trabalho criativo.

Programação MAIO e JUNHO

ESPETÁCULOS – sempre às sextas e sábados às 21h e domingos às 18h

Oficina Sesc Santo AmaroOFICINA

Processo Criativo da Companhia do Feijão – A Literatura no Teatro e o Ator Narrador

quando: 31 de maio, 1º e 2 de junho; 7, 8 e 9 de junho, das 18h às 21h

Oficina prática a partir da metodologia desenvolvida pela Companhia do Feijão ao longo de 18 anos de trabalho, que inclui:

  • Criações cênicas a partir de fragmentos literários, com dramaturgia inicial e resultados cênicos desenvolvidos pelos participantes sob orientação e direção dos condutores da oficina.
  • Exercícios introdutórios sobre a exploração de linguagens manejáveis pelo ator-narrador;
  • condução: integrantes do núcleo artístico da companhia
  • vagas: 20
  • pré-requisito: atores em formação e profissionais
  • datas: de 31 de maio a 9 de junho, de terça a quinta, de 18h às 21h
  • processo seletivo: de 3 a 15 de maio; envio de CV e carta de interesse para feijao@companhiadofeijao.com.br
  • divulgação do resultado: até 20 de maio, no portal www.sescsp.org.br
  • período de inscrição dos selecionados junto ao Sesc: até 31 de maio
  • taxa: R$ 30, R$ 15 e R$ 9

LEITURA

Textos de Mário de Andrade

quando: 11 de junho, sábado, às 16h, na Biblioteca

ONDE: Sesc Santo Amaro – R. Amador Bueno 505, Santo Amaro / (11) 5541-4000

Publicado em Atividades de formação, Encontros abertos, Espetáculos | Com a tag , | Deixar um comentário

SELECIONADOS para Oficina no Sesc Santo Amaro

Publicamos a seguir a relação de selecionados para a oficina Processo Criativo da Companhia do Feijão – A Literatura no Teatro e o Ator Narrador, a ser realizada no Sesc Santo Amaro nos dias  31 de maio, 1º e 2 de junho; 7, 8 e 9 de junho, das 18h às 21h.

  • período de inscrição dos selecionados junto ao Sesc: até 31 de maio
  • taxa: R$ 30, R$ 15 e R$ 9

Selecionados

  • Alexandre Quintas
  • Carlos Marum
  • Diego Lima
  • Estela Rocha
  • Fernando Breda
  • Flora Kountouriotis
  • Leonardo Cícero
  • Tania Luares
Publicado em Atividades de formação | Com a tag , , | Deixar um comentário

ENTREVISTA COM STELA DO PATROCÍNIO no Feijão

Entrevista com Stela do PatrocínioA Companhia do Feijão prossegue em maio com seu projeto FUSÕES – a música que o teatro tem, contemplado pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria da Cultura, com uma programação gratuita de trabalhos de artistas que tem em comum a intersecção entre as linguagens teatral e musical. Serão no total cinco meses de programação , com um grupo ou artista convidado por mês, em temporada às terças-feiras às 21h.

Maio 2016

  • Grupo convidado: NÚCLEO DO CIENTISTA
  • Espetáculo: ENTREVISTA COM STELA DO PATROCÍNIO

Stela do Patrocínio está há anos internada “num hospital, lugar de tudo que é doença”, a colônia para doentes psiquiátricos Juliano Moreira, no Rio de Janeiro.  No seu depoimento, conta de onde veio, como se formou, como foi parar ali, como é seu dia a dia. Em entrevista a uma estagiária, fala ainda de seus sonhos e desejos. Estas falas, gravadas, foram transformadas em livro e agora em música e cena: ópera.

  • Música de Lincoln Antonio sobre falas de Stela do Patrocínio, retiradas de seu livro Reino dos bichos e dos animais é o meu nome
  • Com: Georgette Fadel (Stela do Patrocínio), Juliana Amaral (Entrevistadora) e Lincoln Antonio (piano)
  • Luz: Julia Zakia
  • Figurinos: Silvana Marcondes
  • Direção geral: Georgette Fadel e Lincoln Antonio
  • Produção: Núcleo do Cientista / Cooperativa Paulista de Teatro
  • Temporada: 10 a 31 de maio, terças às 21h
  • Ingresso: gratuito, retirado diretamente na bilheteria, aberta uma hora antes das apresentações
  • Onde: Companhia do Feijão – R. Dr. Teodoro Baima 68 – República (com acesso a cadeirantes)
  • Capacidade: 50 lugares
  • Duração: 70 minutos
  • Indicação etária: 12 anos

Realização: Companhia do Feijão / Cooperativa Paulista de Teatro / Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Cultura / Programa de Ação Cultural

 

Publicado em Espetáculos | Com a tag , | Deixar um comentário

PROJETO NONADA em Macapá/AP

NONADA em MacapáEstaremos em maio em Macapá (AP) para uma série de atividades do Projeto NONADA, selecionado pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2015/2016. Dentro da programação apresentaremos com entrada gratuita uma das principais montagens de nosso repertório, Nonada, que em 2016 completa seu 10º aniversário.

As apresentações ocorrem nos dias 19 e 20 de maio (quinta e sexta, a partir das 20h) no Sesc Amapá – Centro de Atividades Araxá. Além das sessões do espetáculo, realizaremos encontros e bate-papos com o público (sobre o processo teatral e os conteúdos do espetáculo) e integração com artistas locais para acúmulo e troca de experiências.

É importante ressaltar que todas as sessões de Nonada contarão com recursos específicos de acessibilidade – audiodescrição e legendas – transmitidos pelo aplicativo WhatsCine diretamente a smarthphones e tablets. Serão disponibilizados até cinco tablets caso o usuário não possua qualquer aparelho.

PROGRAMAÇÃO – Maio 2016

  • Apresentações do espetáculo Nonada:19 e 20 de maio, quinta e sexta, às 20h (com encontros prévios com o público e debates após as apresentações)
  • Encontro com artistas locais: 20 de maio, sexta, às 16h

Local: Sesc Amapá / Centro de Atividades Araxá / Rua Jovino Dinoá 4311 – Beirol – Macapá-AP / (96) 3241-4440

O espetáculo

Nonada - foto de José RomeroFora de um tempo ou lugar, Nonada conta como o dono de uma espécie de circo do mundo dos mortos manipula um personagem desmemoriado, levando-o a descobrir sua trágica origem – na época da escravidão. A revelação surge de um perverso jogo de gato e rato por uma labiríntica trajetória de encontros com personagens de épocas posteriores, mas que ainda carregam em seus comportamentos os vícios de relações sociais daquele período.

A pesquisa

Nonada estreou em 2006 e é resultante da pesquisa Um lugar chamado Brasil – sua história a partir das almas de suas personagens. A partir das metodologias básicas da Companhia do Feijão para o treinamento do ator e a composição do espetáculo – a criação em processo – foram realizados estudos cênicos de obras e autores literários representativos de quatro períodos históricos brasileiros.

A escolha das obras literárias de cada período histórico teve como base a presença de personagens com a alma marcada pelo momento histórico em que viveram e pela dinâmica social então vigente. Alma marcada: a expressão evoca as impossibilidades de realização pessoal, de sonhos e vontades, ou sua ausência, como uma característica desta alma. Uma marca pelo avesso.

Os atores realizaram experiências com vários personagens e, como contraponto, como campo de observação, foram buscar em suas próprias experiências de vida, em suas almas, o paralelo histórico entre almas antigas e contemporâneas. Durante estes estudos a Companhia buscou idiossincrasias, semelhanças e antagonismos presentes na condição de “ser brasileiro”, a partir do olhar de escritores que se mostraram bons observadores das realidades de suas épocas.

A literatura é tomada pelo grupo como o principal meio de conhecimento da história do Brasil, como o órgão epistemológico por excelência da cultura brasileira. Ou, utilizando uma expressão de Roberto Schwarz, a literatura como espelho de nossas “ideias fora do lugar”, do eterno descompasso de nossas “modernizações conservadoras”.

Ficha técnica

  • Elenco: Fernanda Haucke, Fernanda Rapisarda, Flávio Pires, Guto Togniazzolo, Pedro Pires e Vera Lamy
  • Direção e Dramaturgia: Pedro Pires e Zernesto Pessoa
  • Direção Musical: Julio Maluf e Flávio Pires
  • Cenografia: Petronio Nascimento
  • Figurinos: Carol Badra
  • Iluminação: Eric Nowinski e Zernesto Pessoa
  • Música Original: Flávio Pires, Julio Maluf, Pedro Pires, Vera Lamy e Walter Garcia
  • Audiodescrição e legendas: BRDN Conteúdos Acessíveis e Mais Diferenças
  • Classificação: 12 anos
  • Duração: 60 minutos
  • Apoio em Macapá: Sesc Amapá

Atividades complementares

Tendo o compartilhamento artístico e social como um dos pilares de nosso trabalho, incluímos neste projeto ações ligadas à formação artística e de público, praticadas pelo grupo desde nossa fundação. Serão dois tipos de encontros, com o acesso gratuito e limitado à capacidade do espaço ocupado em cada local, sem necessidade de inscrição prévia.

  1. Formação de plateia – Encontro entre o público comum interessado e integrantes da Companhia do Feijão, nos dias de apresentações em cada cidade, dividido em três etapas:
  • pré-espetáculo: explanação sobre o fazer teatral em geral, com apontamentos a respeito da fruição e discussão temática de uma peça teatral, além de informações específicas sobre o espetáculo Nonada – duração aproximada de 30 minutos;
  • apreciação do espetáculo – duração aproximada de 60 minutos;
  • pós-apresentação: breve debate sobre a experiência vivenciada, bem como sobre os conteúdos e formas presentes no espetáculo apresentado – duração aproximada de 60 minutos.
  1. Encontro com artistas – Encontro de troca entre integrantes da companhia e artistas e grupos teatrais locais, sobre o histórico e o projeto da Companhia do Feijão e dos grupos representados neste encontro. Duração aproximada de 120 minutos

Recursos de acessibilidade

O conteúdo acessível das apresentações do espetáculo foi desenvolvido pela BRDN – Conteúdos Acessíveis e pela OSCIP Mais Diferenças e é composto por audiodescrição e legendas. Os recursos são transmitidos via aplicativo WhatsCine diretamente a smarthphones e tablets.

Para maior conforto e praticidade, os usuários devem baixar previamente o app gratuito das lojas do Google (Play Store) ou da Apple (AppStore). Na sala de apresentação, basta se conectar à rede WiFi grátis do WhatsCine.

Guia do WhatsCine

O WhatsCine é um aplicativo gratuito para smartphones e tablets que transmite recursos de acessibilidade para audiodescrição e legenda. Para utilizá-lo, os espectadores interessados deverão seguir os passos abaixo. A transmissão do conteúdo acessível inicia-se minutos antes da encenação.

  1. Baixar o aplicativo gratuitamente em seu smartphone ou tablet a partir da Play Store ou da AppStore.
  2. Conectar-se à rede WiFi grátis do WhatsCine.
  3. Clicar no ícone do aplicativo.
  4. Escolher o recurso de acessibilidade de sua preferência.

OBS.: Durante as apresentações a companhia poderá disponibilizar gratuitamente até cinco tablets, caso o espectador com deficiência não esteja portando qualquer aparelho.

Publicado em Atividades de formação, Encontros abertos, Espetáculos, Projeto NONADA | Com a tag , , | Deixar um comentário

O AVARENTO no Feijão

Recebemos em nosso espaço em maio duas únicas apresentações do espetáculo O Avarento, com a Cia. Tàbola Rassa, atualmente sediada na França.

O avarentoO espetáculo é uma adaptação para Teatro de Objetos do clássico de Molière, em que o ouro é substituído por água e os personagens são “vividos” por torneiras. Materiais hidráulicos ganham vida para encenar uma versão amalucada e fiel ao Avarento original, numa comédia insólita sobre a escassez dos recursos naturais.

  • ideia original: Jordi Bertran
  • concepção: Olivier Benoit, Miquel Gallardo e Jordi Bertran
  • adaptação do texto: Eva Hibernia, Olivier Benoit e Miquel Gallardo
  • versão em português: Maria Cristina Paiva
  • cenografia: Maria Cristina Paiva
  • luz e som: Daniel Ibor e Sadock Mouelhi
  • direção: Olivier Benoit e Miquel Gallardo
  • interpretação: Olivier Benoit e Jonatã Puente
  • apresentações: 7 e 8 de maio, sábado e domingo, às 20h
  • ingressos: $ 20
  • onde: Companhia do Feijão – R. Dr. Teodoro Baima 68 – República
  • indicação etária: livre
  • realização: Cia. Tàbola Rassa / Companhia do Feijão
Publicado em Espetáculos | Com a tag , | Deixar um comentário

A BARCA abre projeto FUSÕES no Feijão

Iniciamos em abril nosso projeto FUSÕES – a música que o teatro tem com uma programação gratuita de trabalhos de artistas que tem em comum a intersecção entre as linguagens teatral e musical. Serão no total cinco meses de programação, com um grupo ou artista convidado por mês, em temporada às terças-feiras às 21h.

Abril 2016

  • Grupo convidado: A BARCA
  • Shows: TEMPO DE REZA e TEMPO DE FESTA

A Barca abrirá a programação alternando dois novos shows: Tempo de Reza e Tempo de Festa. Embora festa e reza sejam duas práticas intimamente ligadas no contexto da cultura popular, o grupo aposta no contraste para desenvolver o repertório de cada show-experiência.

Em Tempo de Reza (5 e 19/04) reúnem-se melodias do catimbó nordestino recolhidas por Mário de Andrade, doutrinas do tambor de mina maranhense aprendidas pelo grupo nas várias viagens que fez ao estado, pontos de candomblé, cantigas do Divino, toadas do congado mineiro e outras rezas e benditos.

Em Tempo de Festa (12 e 26/04) a roda se abre e todos são convidados a cair no coco, no carimbó, no samba, no boi e no jongo.

O grupo: A Barca é um grupo de músicos de São Paulo que nasceu em 1998 de uma reunião de amigos em torno de ideias como viagem, música popular, Brasil e Mário de Andrade. Desde o seu início, A Barca trabalha com a pesquisa e a movimentação da cultura popular brasileira, realizando um trabalho abrangente de criação de espetáculos, documentação, arte-educação e produção cultural, partindo da reflexão sobre o fazer artístico e suas responsabilidades estéticas e sociais.

O histórico do grupo pode ser acessado na página www.barca.com.br. Todo o acervo coletado em viagens e os discos produzidos pela Barca estão em www.acervobarca.com.br.

Integrantes: Andre Magalhães, percussão / Ari Colares, percussão / Chico Saraiva, violão / Laeticia Madsen, voz / Lincoln Antonio, piano / Marcelo Pretto, voz / Renata Amaral, baixo

  • Temporada: 5 a 26 de abril, terças às 21h
  • Ingresso: Gratuito, retirado diretamente por ordem de chegada na bilheteria, aberta uma hora antes das apresentações
  • Onde: Companhia do Feijão – R. Dr. Teodoro Baima 68 – República (com acesso a cadeirantes)
  • Capacidade: 50 lugares
  • Classificação etária: Livre

Realização: Companhia do Feijão / Cooperativa Paulista de Teatro / Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Cultura / Programa de Ação Cultural

A Barca no Feijão

 

Publicado em Apresentações artísticas | Com a tag , | Deixar um comentário

Grupos de orientação e pesquisa – INSCRIÇÕES ABERTAS

A partir da experiência acumulada em 18 anos de criações teatrais, a Companhia do Feijão dá início às atividades de seu Núcleo de Pesquisas Teatrais, em formato-piloto, com a abertura de inscrições para dois módulos de trabalho: Orientação de projetos artísticos e Acompanhamento e reflexão sobre o processo de criação da companhia.

I. Orientação de projetos artísticos

Seleção de projetos artísticos teatrais de grupos, coletivos e artistas individuais para
acompanhamento e orientação por parte de integrantes da Companhia do Feijão.

O trabalho se dará conjuntamente entre os integrantes da companhia e cada proponente de projeto previamente formulado, visando auxiliar no desenvolvimento e aprofundamento dos processos de criação envolvidos.

O enfoque da orientação será eminentemente artístico, podendo como consequência se estender à área de produção.

Artistas orientadores: Pedro Pires, Vera Lamy e Fernanda Haucke
Duração: 5 meses

Inscrições gratuitas
• Podem se inscrever projetos em estágio diverso de execução (já iniciados ou não).
• A seleção se dará em duas fases: por projetos inscritos e entrevistas com os pré-selecionados

Requisito: ficha de inscrição (baixe aqui em DOCx ou PDF)
Enviar a ficha preenchida para: projetos@companhiadofeijao.com.br
Prazo: até 11 de abril
Resultado da pré-seleção: 13 de abril (*)
Entrevistas com os pré-selecionados: 18 a 20 de abril
Resultado da seleção final: 25 de abril (*)
Início dos trabalhos: maio, em datas e horários a serem definidos em conjunto com os selecionados.

II. Acompanhamento e reflexão sobre o processo de criação da Companhia do Feijão

Seleção de pesquisadores artísticos interessados em acompanhar o processo de criação do novo espetáculo da companhia durante 2016, cujo tema é Brasil, fábrica de sonhos – Pesadelo?

Esta criação parte de estudos sobre a “alma” brasileira contemporânea através de dois campos de pesquisa principais: na literatura, os narradores e personagens dos romances de Chico Buarque e suas canções; e por outro lado, as multidões que tem frequentado nossas ruas desde 2013.

As atividades incluem presença em ensaios, debates e produção de material reflexivo.

Inscrições gratuitas

Requisitos: carta de interesse e currículo sucinto
Endereço para envio: acompanhamento@companhiadofeijao.com.br
Prazo: até 4 de abril
Resultado da seleção: 11 de abril (*)
Início dos trabalhos: 20 de abril – demais datas e horários serão definidos em conjunto com os selecionados.

(*) resultados publicados em companhiadofeijao.com.br e comunicados diretamente aos selecionados

Publicado em Geral | Deixar um comentário

NONADA no Feijão

Após reforma geral de infraestrutura e readequação de nosso espaço, iniciamos em março nossas apresentações públicas de 2016 com uma curta temporada do espetáculo Nonada.

Nonada - foto José RomeroFora de um tempo ou lugar, Nonada conta como o dono de uma espécie de circo do mundo dos mortos manipula um personagem desmemoriado, levando-o a descobrir sua trágica origem – na época da escravidão. A revelação surge de um perverso jogo de gato e rato por uma labiríntica trajetória de encontros com personagens de épocas posteriores, mas que ainda carregam em seus comportamentos os vícios de relações sociais daquele período.

  • música original: Flávio Pires, Julio Maluf, Pedro Pires, Vera Lamy e Walter Garcia
  • luz: Eric Nowinski e Zernesto Pessoa
  • figurinos: Carol Badra
  • cenografia: Petronio Nascimento
  • direção musical: Julio Maluf e Flávio Pires
  • direção e dramaturgia: Pedro Pires e Zernesto Pessoa
  • em cena: Fernanda Haucke, Fernanda Rapisarda, Flávio Pires, Guto Togniazzolo, Pedro Pires e Vera Lamy
  • duração: 60’
  • classificação etária: 12 anos
  • temporada: 5 a 27 de março, sábados e domingos às 20h
  • ingressos: grátis, retirados diretamente na bilheteria, aberta uma hora antes das apresentações
  • onde: Companhia do Feijão – R. Dr. Teodoro Baima 68 – República
  • capacidade: 50 lugares
Publicado em Espetáculos | Com a tag , | Deixar um comentário

COR DE CHUMBO no Feijão

Recebemos em dezembro o musical Cor de chumbo, que retrata uma casa de shows nos anos 70, horas antes de abrir. A boate é gerenciada por Patrícia, uma ex-prostituta que agora faz shows musicais e é a atração principal da casa. Patrícia é amante de um general que, naquela noite, virá assistir ao show. Enquanto ensaia e passa as músicas, acompanhada por um pianista, conversa sobre o cotidiano, o medo da violência em tempos de ditadura e seu relacionamento amoroso. Um retrato íntimo dos anos de chumbo no Brasil.

  • Atriz, Cantora: Lilian de Lima
  • Pianista: Gustavo Fiel / Thiago Tognoli Neves
  • Composições inéditas: William Guedes, Milton Morales Filho, Rodrigo Mercadante e Lilian de Lima
  • Direção musical: William Guedes
  • Texto, Direção: Milton Morales Filho
  • Preparação de Ator: Carlos Morelli
  • Produção: Lilian de Lima
  • Assistente de Producão: Lívia Sales
  • Luz: Aline Santini
  • Operação de Luz: Rozanna Lazzaro
  • quando: de 4 a 20 de dezembro, sextas e sábados às 21h, domingos às 20h
  • ingressos: R$ 20 e R$ 10 – no dia 13, excepcionalmente, entrada franca
  • duração: 70 min
  • classificação etária: 14 anos

cor de chumbo

Publicado em Espetáculos | Com a tag , | Deixar um comentário

O Ó DA VIAGEM – últimas apresentações!

o ó da viagemComplementando nossas homenagens a Mário de Andrade no ano do 70º aniversário de sua morte, reapresentamos em novembro O ó da viagem.

O espetáculo é resultado artístico do cruzamento dos diários de viagem de Mário de Andrade – publicados postumamente como O turista aprendiz – com os diários da companhia em itinerário parcialmente idêntico ao do escritor pelo Sertão do Cariri (PE e PB).

Estreado em 1999, O ó da viagem foi remontado em 2008 em comemoração ao 10º aniversário da companhia, por reunir em si os pontos de partida que se transformariam nos pilares da pesquisa formal e temática hoje praticada pelo grupo.

Em cena, um coro de viajantes-narradores paulistas desdobra-se em múltiplos personagens para observar com olhos de “estrangeiro” o universo sertanejo do Nordeste. Por meio de linguagens e canções populares sucedem-se episódios cômicos e trágicos sobre temas que vão do anti-herói do sertão (o sobrevivente) ao cotidiano da seca e à fina-flor da aristocracia rural.

  • em cena: Fernanda Rapisarda, Flávio Pires, Irací Tomiatto, Pedro Pires e Zernesto Pessoa
  • direção e dramaturgia: Pedro Pires
  • direção musical: Walter Garcia
  • cenografia e adereços: Petronio Nascimento
  • figurinos, desenhos e pinturas: Guto Togniazzolo e Edu Garudah
  • iluminação: Pedro Pires e Zernesto Pessoa
  • boneco: Mônica Simões
  • quando: até 29 de novembro, sábados e domingos às 20h
  • onde: Companhia do Feijão
  • ingressos: gratuitos, retirados diretamente na bilheteria aberta com uma hora de antecedência
  • capacidade: 50 lugares
  • classificação etária: livre
Publicado em Espetáculos | Com a tag , | Deixar um comentário